Já agradeceu hoje?

Quantas vezes tem consciência do quanto tem a agradecer?


Robert Emmons, doutorado em Psicologia da Personalidade, tem estudado os efeitos da gratidão e concluído que sentirmo-nos gratos:

1. Fortalece o sistema imunológico;
2. Reduz sintomas depressivos e de ansiedade;
3. Aumenta o entusiasmo e a energia;
4. Melhora a nossa vida social;
5. Melhora os níveis de pressão arterial;
6. Facilita o desapego de emoções tóxicas como o medo, e a inveja;
7. Melhora a qualidade do sono;
8. Torna-nos mais resilientes.

Exercício 

Agradeça

Faça uma lista de agradecimentos. Gaste alguns minutos do seu dia a pensar nos acontecimentos, objetos, sensações e pessoas a quem ou das quais se sente grato. Pode sentir-se grato por qualquer coisa. Por um livro que leu, pelas emoções que um filme lhe proporcionou, pelas memórias que tem, pelas pessoas que passaram pela sua vida. Agradeça. Agradeça inclusive aos momentos menos positivos, que lhe trouxeram alguma aprendizagem ou reforçaram alguma característica importante para si.
Escreva a lista que foi construindo na sua mente. Quando escrevemos passamos do abstrato para o concreto e isto muitas vezes ajuda-nos a organizar as nossas ideias e mudar perspectivas.

Sugestão

Depois de se familiarizar com este exercício, experimente inserir um momento de gratidão na sua rotina. Todos os dias, num momento calmo do seu dia, faça um agradecimento.

 

Carolina Trindade, Psicóloga Clínica

« Voltar